Manifesto contra desmonte da Tv Cultura

Na noite de terç-feira, (03/04), ativistas defensores da democratização mídia, protestaram contra o desmonte das rádios e TV Cultura praticado pelo PSDB.
O presidente da Fundação Padre Anchieta, João Sayad, já demitiu mais de 250 funcionários, mudou a grade de programação da emissora e abriu espaço para empresas privadas, como a Folha de São Paulo. Enlatados e propagandas também avançam sobre o conteúdo cultural. Sabemos que a Tv Cultura é uma das poucas emissoras que ainda prioriza o a qualidade do conteúdo cultural,  mas essa reforma política na comunicação interna, a população brasileira tende a perde pouco acesso cultural/alternativo da Tv Brasileira.
O processo de privatização da TV Cultura começou em 2004, no governo Geraldo Alckmin. Na gestão de Marcos Mendonça, a diretora Julieda Puig de Paz começou o desmonte com um “Planejamento Estratégico” que resultou em pouco mais de 300 demissões. 

Anúncios

Dê sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s